Gerações X, Y e Z: Concorrentes ou aliados?

O mundo mudou e continua mudando! Essa é uma frase que escutamos muito nos últimos anos, o que não retira a sua importância. Por mais que não seja uma novidade, as mudanças estão ocorrendo, cada vez mais rápido e com mais impactos na sociedade. Mudanças de comportamentos que impactam em tudo! Na maneira como nos comunicamos, como nos relacionamos com outras pessoas, com a natureza, como consumimos. Não podemos ter certeza para que lugar estas mudanças irão nos levar, mas pode ter uma certeza: a mudança sempre será uma constante.

Nestas últimas décadas, tivemos três grandes mudanças de comportamentos, diretamente ligadas com as gerações que foram surgindo.  Conseguimos dividir estas gerações, e consequentemente suas características, em 3 (três) grandes grupos: geração X, geração Y e geração Z.

giphy (1)

Hoje, é muito comum a comparação entre os jovens destas gerações. Comparações de comportamento, produtividade, empenho nas companhias e o engajamento nas ideias e negócios. Mas uma coisa é muito clara, a tecnologia vem mudado as gerações, e continuará fazendo isso por muito tempo. Quanto mais tecnologia tivermos no nosso dia a dia, mais produtivos serão as pessoas, mais criativos poderemos ser e, em alguns casos, mais dependentes dessas ferramentas.

Porém, uma coisa é certa: teremos contato com as três gerações nas nossas vivencias em corporações. Então, vamos entender um pouco cada geração.

Geração X

            A geração X, nascida entre os anos 1960 e os ano 1980, é uma geração que foi identificada como jovens, porém sem uma identidade clara, de fácil mensuração. Este grupo nasceu, passou pela época dos ideais (e pela época Hippie) e entraram em grandes empresas buscando longas e sólidas carreiras no mercado de trabalho.  Foi nesta geração que surgiu grandes mudanças na área tecnológica, como os computadores pessoas, internet, e-mail, celulares.

Geração X

A geração X tem como principais características: apreço ao conhecimento formal, o que leva as pessoas desta geração tentar e errar menos, buscando sempre desenvolvimento com mais segurança. Forte vínculo com hierarquia nas corporações. Possuem uma autoconfiança bem desenvolvida. Esta geração prioriza a segurança em suas decisões.

Geração Y

A geração Y, nascida entre os anos de 1980 ao início dos anos 1990, foi a primeira geração se desenvolveu com os grandes avanços tecnológicos. Esta geração conseguiu muita coisa que seus pais não tiveram, como acesso a computadores, jogos e videogames. O que dificulta que eles aceitem tarefas subalternas.

Geração Games

A geração Y tem como principais características: dificuldade em aceitar hierarquia, grande facilidade no aprendizado, facilidade em trabalhar com múltiplas tarefas e uma grande ambição, desde o início da carreira, tornando comum a troca de empregos em curto período de tempo.

Geração Z

A geração Z, nascida entre os anos de 1990 e 2010, está extremamente habituada com a ligação da internet nos diversos aparelhos tecnológicos.

Geração Z

A Geração Z tem como principais características: estarem sempre conectados, compartilham arquivos com muita facilidade e naturalidade, possuem um grande desapego a fronteiras geográficas, uma dificuldade em relações interpessoais que é muito relacionada ao excesso de conexões pela internet e pouco contato mais aprofundado.

Principais problemas

Os principais problemas entre as gerações se devem, praticamente, por suas características muitas vezes contrarias. A geração X, com muito profissionais alocados em cargos de gestão, que estão nas empresas a muitos anos e muito alinhado com a visão da organização possui em sua equipe muitos outros profissionais da geração X, os recém-formados da geração Y e os profissionais da geração Z, que ainda estão cursando suas faculdades e na sua grande maioria ainda são estagiários.

A geração X preza pela hierarquia, onde o gestor aponta o caminho para a equipe. A geração Y é extremamente criativa, independente e com um senso de pertencimento muito aguçado, não lida muito bem com ordens demonstradas sem objetivos. A geração Z, com sua dificuldade de comunicação interpessoal só participa quando se é extremamente solicitado, ao contrário, fará seu trabalho com o melhor resultado possível, mas precisa ser incentivada a contribuir.

Principais benefícios

Da mesma maneira que os principais problemas surgem, os principais benefícios também se devem entre a relação das características praticamente opostas. Um gestor, da geração X, costuma ter a visão mais alinhada com as grandes companhias, experiência nos processos e conhecimento sólido do setor, porém, pouco focado em inovação e mudanças. A geração Y, poderá oxigenar a companhia, com novas ideias, novas maneiras de interagir, novos modelos de negócios, principalmente os sustentáveis. E a geração Z, tem uma grande capacidade de trazer novas tecnologias para a companhia, muitas delas ainda em fase de teste.

Um bom gestor, não enxerga como um problema a convivência destas três gerações, muito pelo contrário. As três se completam! Uma boa equipe só é feita de pessoas diferentes, com visões diferentes. Porém, algo precisa ficar muito claro: existirão muitos conflitos para se gerenciar. Conflitos não podem ser estigmatizados como algo ruim, algo que deva ser evitado a todo custo. Uma dose de conflito dentro das organizações é saudável, até mesmo necessária para o crescimento. Pense pelo seguinte ponto de vista, se todos pensarem igual, se todos concordarem com a mesma maneira de fazer o que é necessário para empresa, como vamos conseguir melhorar, como vamos otimizar os processos, como vamos nos diferenciar dos concorrentes?

Descomplica

Qual geração devo contratar?

O ponto que não podemos deixar de levar em consideração é que cada empresa é diferente da outra, ou seja, existem empresas que são necessários mais profissionais com o perfil da geração X, com uma cabeça mais formal. Outras empresas precisam de profissionais como os da geração Y, que desafiam o mundo. Em resumo, o que é preciso é alinhar o perfil de sua empresa, com o mercado em que ela está inserida, a equipe que você possui, as responsabilidades e resultados que você espera do seu time, fazendo que cada profissional se motive para entregar seu melhor resultado. Assim, com uma mescla de talentos, visões e gerações, a sua companhia terá o melhor resultado possível. Ou quem sabe, alcançando resultados surpreendentes, que nem mesmo você poderia esperar. Então delegue, crie espaço, incentive o conflito construtivo e, principalmente, não crie regras imutáveis na sua organização.

Se tiver alguma dúvida, deixe aqui o seu comentário ou entre em contato conosco por meio do site: http://previsa.com.br/contato

Siga-nos também nas redes sociais e inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do universo da contabilidade.

Facebook: https://www.facebook.com/previsacontabilidade
Twitter: https://twitter.com/previsa
Youtube – Descomplica Previsa: https://goo.gl/zepzly
Blog: http://previsa.com.br/blog

Fale com a Previsa